top of page

Os bichos tomam água

Todos os dias no mesmo horário eu pego meu telefone esperando uma mensagem que nunca mais vai chegar, e assim, cada dia um sofro um pouco.


Eu nunca mais vou ir na rodoviária, tomar café no meio do meu horário de trabalho, receber uma ligação pra saber se estou dormindo ou se eu paguei as faturas de telefone.

Eu nunca mais vou ter para onde ir quando quiser me isolar do caos dessa cidade e nunca mais farei uma tour nos parentes para ser exibida como troféu.

Ninguém nunca mais vai me perguntar se eu preciso de ajuda para pagar as contas, ou se estou tomando meus remédios.


Um dia eu vou ter que tirar o seu contato da minha agenda, dos meus números favoritos e as sua foto do whatsapp será de outra pessoa. Mas hoje não é esse dia. Eu ainda quero sentir que um dia uma mensagem pode chegar, mesmo sabendo que nunca mais virá.


E enquanto isso, os bichos comem e tomam água.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Atlas Luminoso: Dia 02

"Também penso que a Arte, em geral, não deve ser medida pelo conteúdo. Mas o autor, um alemão, exagera um pouco ao tirar toda a importância dos significados." Parece difícil de se conectar com o texto

O Artista se descobre

Ao escrever hoje e em análise do que escrevi em outros dias, é que eu percebi que posso ter iniciado uma certa linguagem nas minhas escritas. Eu normalmente finalizo meus pensamentos com perguntas.

Atlas Luminoso: Dia 01

Para alguém que sempre escreve num diário, está difícil de escrever com essa azia. Quando saio de casa sinto a azia e quando retorno ela passa. Sempre que saio de casa ela me acompanha, será que quem

Comentarios


bottom of page