Como superar o insuperável

Ensaio sobre como falar sobre algo que nunca foi dito


Existe culpa?

Existe alguém a quem atribuir a responsabilidade de algo?

Existe mesmo a necessidade de estarmos aqui mais uma vez?


Parece que sim.

Se cá estamos nós com o mesmo sentimento e vulnerabilidade sobre algo que já deveria ter sido superado, por mais que digamos que sim, nunca foi.


Não tem nada pré determinado que possa ser dito que cure ou resolva as coisas, tem?

Não há nada imaginável que possa mudar as coisas mesmo com uma ação, há?


(continua)

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ensaio sobre O Espelho

Como eu comentei - embora de uma forma levemente da boca pra fora - sim é verdade, eu te amo e não tenho coragem de admitir isso a maioria das vezes. Eu gosto da forma como tu larga as coisas, como se