top of page

Adicione um título atraente

Nada aqui de fato poderia ser atraente a menos que fosse de interesse pessoal ou fofoca.


As vezes fico pensando se as palavras podem mesmo comunicar aquilo que se precisa e se eu o deveria fazer. Então pode ser que esse post seja apenas de frases soltas sobre coisas que estão travadas aqui me incomodando.


O melhor lugar do mundo deveria ser dentro de um abraço e até então era. Até então era no meu cantinho nada secreto mas ao mesmo tempo totalmente particular entre a praia e uma abraço sincero e livre. Agora... agora ninguém mais sabe de nada.

Agora ninguém tem coragem de dizer aquilo que se sente por medo de qualquer coisa pequena, sendo que a vida toda conviveremos com essa sensação ridícula.


O melhor lugar do mundo poderia ser dentro de uma música. Mas é muito triste quando só você sente esse abraço e não consegue compartilhar ou viver sem isso.


É muito triste ficar escancarando as coisas quando na verdade nada mais faz diferença. Porque nada mais faz diferença? De onde vem todo esse desencanto pelo mundo?

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Atlas Luminoso: Dia 02

"Também penso que a Arte, em geral, não deve ser medida pelo conteúdo. Mas o autor, um alemão, exagera um pouco ao tirar toda a importância dos significados." Parece difícil de se conectar com o texto

O Artista se descobre

Ao escrever hoje e em análise do que escrevi em outros dias, é que eu percebi que posso ter iniciado uma certa linguagem nas minhas escritas. Eu normalmente finalizo meus pensamentos com perguntas.

Atlas Luminoso: Dia 01

Para alguém que sempre escreve num diário, está difícil de escrever com essa azia. Quando saio de casa sinto a azia e quando retorno ela passa. Sempre que saio de casa ela me acompanha, será que quem

bottom of page